Aperture Science

From the Portal Wiki
Jump to: navigation, search
Logo aperture.png

Aperture Science é uma companhia de pesquisa científica fundada por Cave Johnson. Portal e Portal 2 se passam dentro do Centro de Enriquecimento Aperture Science, que é dedicado a testes sem fim dos produtos Aperture Science e dos humanos que os usam.

História

Veja também: História
Jornal falando sobre a compra da mina de sal

Aperture Science foi fundada como Aperture Fixtures na decada de 1940 por Cave Johnson. Aperture Fixtures era dedicada a manufatura e distribuição de cortinas de chuveiros – um portal de baixa tecnologia entre o lado de dentro e de fora de um chuveiro – com Cave Johnson ganhando o premio "Vendedor de Cortina de Chuveiro de 1943". Em algum momento entre 1943 e 1947 o nome da companhia foi mudado para "Aperture Science Innovators". Ainda que isso tenha sido feito inicialmente para fazer suas cortinas soarem mais higiênicas, o foco da companhia iria logo mudar a ciência. Cave Johnson comprou uma grande mina de sal abandonada em Michigan, que é onde o Centro de Enriquecimento Aperture Science seria construido.

Entre as décadas de 1940 e 1950, Aperture Science iria começar seus testes e práticas de pesquisa. Os melhores indivíduos de teste, como competidores Olímpicos, astronautas e heróis de guerra. Eles também foram o segundo maior empreiteiro para o Departamento de Defesa de 1952 até 1954, sendo o primeiro Black Mesa. Os desenvolvimentos da Aperture dessa época incluiam Gel de Repulsão, o Cubo de Armazenamento Pesado, o Super Botão de Hiper Colisão de 1500 Megawatt e o Dispositivo Portátil de Tunelamento de Quantum Aperture Science, uma versão bem maior do que a Portal Gun moderna.

Na década de 1970, a Aperture Science estava financeiramente instável. Os jogadores Olímpicos, astronautas e heróis de guerra que eram usados como indivíduos de teste foram substituídos por mendigos que recebiam $60 pelo seu apoio. Aperture Science iria continuar sua pesquisa e criar o Gel de Propulsão

Na década de 1980, participações de testes se tornaram obrigatórias para todos os funcionários, aumentando a qualidade dos indivíduos de teste, mas diminuindo a retenção de funcionários. Os problemas financeiros da Aperture estavam muito ruins nessa época, mas o desenvolvimento continuou. Pedras lunares foram usadas para criar Gel de Conversão, um condutor de portais eficiente. Cave Johnson também se envenenaria por seus experimentos com pedras lunares e contrair uma doença mortal. A medida que sua saúda diminuía, ele deu sua liderança para sua assistente Caroline, pedindo que a consciência dela fosse colocada em um computador. Testes continuaram na esperança de que passar por portais continuamente iriam de alguma forma curar Cave Johnson de sua doença. Aperture Sciente também começou o desenvolvimento de sua Forma de Vida Genética e Sistema Operacional de Disco, uma inteligência artificial que iria ser usada para vigiar testes científicos.

Em 1998, GLaDOS foi ligada pela primeira vez. GLaDOS se tornou instantaneamente homicida e ganhou auto-conhecimento. GLaDOS encheu o centro de enriquecimento com uma neurotoxina mortal, matando a maioria dos cientistas. Aperture Science foi efetivamente desligada e colocada em um ciclo de testes permanente por GLaDOS.

Produtos

Membros da equipe e associados

Artigo principal: Personagens

Links externos